• Segunda descida do Rio Passa Três

    ­­­Quem acompanha este blog, sabe que já descemos o Rio Passa Três. Mas desta vez o trecho foi diferente do anterior. Este trecho fica mais acima, e termina onde começamos a descida anterior neste rio. O roteiro pode ser visto na imagem abaixo. As 5 horas da manhã o Renato e o Alexandre foram ao ponto de chegada para deixar carro de resgate, e voltaram de moto. Encontrei com eles na cidade por volta de 6 horas. Planejamos uma descida de 19 km po rum trecho nunca antes explorado. É uma região desconhecida da maioria dos habitantes de Uruaçu. O

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 32

    Para chegar o mais cedo possível a Goiânia, e viajar o mínimo possível sob o sol quente levantamos 6 horas. Saímos bem rápido, já que as malas já estavam na moto. Em Chapadão do Sul, já em Goiás, uma rodovia a GO 206 que liga a cidade até a BR 060 foi recentemente asfaltada. Nem o meu GPS nem Google Maps sabe disso ainda. Isso fez com que o a distância diminuísse cerca de 100 km. Meio dia já estávamos em Acreúna, onde paramos para almoçar. A medida que nos aproximávamos de Goiânia íamos sentindo um misto de alegria e tristeza.

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 31

    Havia dito no post anterior que tentaríamos chegar a Jataí neste dia. Mas não deu. Da fronteira até Jataí são aproximadamente 850 km. Levantamos 5 horas da manhã pra tentar cumprir nosso objetivo. Mas até que arrumamos a bagagem na moto, que agora estava maior devido as compras da Nilza e tomamos café da manhã, só conseguimos sair do hotel 7 da manhã. Ao sair lembrei que tínhamos que passar na aduana paraguaia para registrar nossa saída país. Terminado o procedimento, que foi rápido, pegamos a estrada novamente. No início a estrada estava até boa, mas entre Coxim e Chapadão

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 30

    Trigésimo dia desta jornada. Bem mais longo que o planejado.  Porém bem melhor que o imaginado. Mas a vontade de chegar em casa vai ficando cada vez maior. Hoje levantamos meio tarde. Na verdade eu acordei muito cedo, era três da manhã. Perdi o sono pensando no porquê de ter passado naquele deserto da Argentina, onde ficamos sem gasolina. E onde era este deserto, pois eu não conseguia encontra-lo no mapa. Isso não é motivo pra perder no sono mas isso acontece comigo. Levantei, peguei o computador, abri o Google Earth foi fui procurar aquela estrada no meio do deserto pra

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 29

    Tiramos os dia para conhecer a cidade. Fomos a alguns pontos turísticos que pesqusei na internet. O Palácio de Gobierno, a Plaza da Independência e o Panteon de Los Heroes, a avenida costanera. . Pronto, acabou. Não há muita coisa interessante pra se ver ou fazer em Assuncion. A cidade é horrível, o transito é um salve-se quem puder, as ruas são esburacadas. Eu andei muito pela cidade de moto e não gostei. Parece que a cidade inteira é como o bairro La Boca, que foi o lugar mais feio que visitamos em Buenos Aires. Não há motivos pra eu voltar aqui.

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 28

    Tinha ajustado o celular pra nos acordar as 6 da madrugada, pois nossa intenção era sair bem cedo e chegar a Assuncion antes de meio dia. Quando ele despertou e prestei atenção no barulho lá de fora, parecia que o mundo estava acabando em água. Voltamos para a cama e dormimos de novo. Com esta brincadeira só conseguimos sair de Resistência 11 horas. A cidade também estava com várias ruas alagadas. Nem bem saímos da cidade, começou a chover de novo, uma chuvinha fraca mas constante que nos acompanhou por uns 200 km. Gastamos quase 5 horas para chegar a

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 27

    Levantamos na hora que tivemos vontade. Nada de despertador hoje. Olhei lá fora e estava nublado, mas não tinha mais chuva.  Tomamos o incrível café da manhã argentino. Estes donos de hotel na argentina tinham que ir ao Brasil fazer um curso de como servir um café da manhã. O café da manhã da maioria dos hotéis do interior, mesmo o os mais caros que ficamos, perde pro mais fraco hotel no Brasil. Enquanto isso assistíamos o noticiário que dizia que pelo segundo dia seguido, um dilúvio caia na cidade de Córdoba, onde estávamos a 2 dias atrás. Quando terminamos

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 26

    Conforme o planejado levantamos 6 horas, tomamos um banho e descemos pra ajeitar a moto. Mas uma coisa não saiu conforme o planejado. Sabe aquele calor do dia anterior? Pois é. Toda aquela evaporação de água se transformou em uma chuva daquelas de alagar a cidade. Literalmente. A enxurrada estava passando sobre a calçada, quase entrando no hotel. O hotel estava goteirando em todos os lados. Arrumei a bagagem na moto e fomos tomar o café e esperar a chuva passar. Ela não passou, mas diminuiu bastante, tanto que a enxurrada na rua do hotel quase acabou. Como estamos equipados

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 25

    Só conseguimos sair de Córdoba muito tarde. Eram onze da manhã quando chegamos a rodovia. Paramos no primeiro posto pra encher os tanques (no plural mesmo) de combustível e rumamos para Santa Fé. Nesta estrada tinha uma cidade a cada 30 km, e em cada cidade um posto de combustível.  Não tivemos problema com abastecimento. Acho que hoje foi o dia mais quente do ano na região, estava beirando 40 graus de um calor úmido que nos fazia ter a sensação de estar derretendo. A região é formada por uma espécie de alagado, a estrada é toda margeada por alagados

    [Leia mais...]
  • Viagem de moto pela américa do sul – Dia 24

    Levantamos 6 horas da manhã tomamos um café da manhã doce… é, o café da manhã do hotel tinha até pudim de leite condensado. Não tinha nada que não fosse doce. Ajeitamos a bagagem na moto e voltamos à Ruta Nacional 5, que é a mesma Ruta 60 só que na Argentina. Não precisa nem repetir. Os elogios são os mesmos que fiz no dia anterior. Montanhas com neve, rios correndo por entre as montanhas… isso já está ficando comum. Brincadeira. Interessante nesta ruta é a forma que eles utilizaram pra atravessar a cordilheira do modo mais barato possível: Eles

    [Leia mais...]